Eutanásia em Portugal

Eutanásia em Portugal

O movimento «Direito a morrer com dignidade» apresenta, no sábado, um manifesto a defender a eutanásia, um tema sobre o qual o presidente da Associação Portuguesa de Bioética defende um referendo.

“Um referendo tem a vantagem de ser democrático, de as pessoas escolherem, mas também implica um debate alargado na sociedade”, disse o presidente da associação, Rui Nunes, que também é professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

O movimento, ainda em fase de recolha de assinaturas, defende no manifesto que as pessoas têm o direito a uma morte assistida digna, em casos de sofrimento profundo ou de doenças incuráveis, e quer a alteração da lei para a morte assistida (e suicídio assistido).

Ainda que sem revelar nomes, um comunicado do movimento diz contar com apoiantes que vão de médicos a deputados.

A Holanda, a Bélgica e o Luxemburgo são os únicos países da União Europeia onde a eutanásia é legal, sendo o conceito, na Holanda, o de que é possível a morte intencional de um doente, a seu pedido firme e consistente, através da intervenção direta de um profissional de saúde.

Fonte: Diário Digital

No comments.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: