RBEDAY

From Futuragora Wiki
Jump to: navigation, search
Um pouco por todo mundo assiste-se a um um número crescente de pessoas que sentem que algo de errado está a acontecer no mundo. Essas pessoas querem ter a voz e querem ouvir as soluções que existem para este planeta em vias de extinção. Chegou o momento de pormos mãos à obra, partilhar em vez de competir.

Domingo dia 10 de Julho é o Dia Mundial da Economia Baseada nos Recursos.

Neste dia comunicaremos por todo o mundo a proposta do modelo social de Economia Baseada nos Recursos Naturais da Terra independentemente de qualquer divisão, grupo, movimento ou instituição. Unidos em volta de um futuro sustentável e igualitário. Apresentaremos também nesse dia uma petição ao mundo, reunindo todas as nossas soluções sustentadas como acima de tudo demonstrando-as na prática.

É um de união internacional em volta de um sistema social que tenha como permissas a sustentabilidade, eficiência e igualdade tal como o modelo social apresentado por Jacque Fresco no seu Projecto Vénus.

O Futuro é agora.








Para explicar o que significa uma economia baseada nos recursos temos de considerar um cenário hipotético apelidado de “pós-escassez”. Pós-Escassez é um sistema social baseado primeiramente na premissa de que os bens, serviços e recursos de primeira necessidade estão disponíveis e acessíveis em número suficiente de forma a serem distribuídos uniformemente por todos os cidadãos dos planeta.

Num ambiente destes, os recursos que a humanidade necessita serão geridos de uma forma inteligente considerando as suas características naturais, entre elas a sua disponibilidade, quantidade, impacto ambiental e distribuição.

Embora o sistema em causa represente uma forma de organização económica, não é apenas um modelo económico. É também um modelo social, um contrato social. Um modelo de sociedade inspirado na gestão eficiente, técnica e objectiva do planeta como um todo.

Daí que podemos definir a economia baseada nos recursos como um sistema económico e social onde todos os bens e serviços estão disponíveis sem necessidade de recorrer ao uso de dinheiro, crédito, caridade ou qualquer outro sistema de débito ou servidão. Todos os recursos tornam-se uma herança comum de todos os habitantes e não de apenas uns poucos seleccionados. A premissa base deste sistema é de que a Terra é abundante em recursos, no entanto, a nossa prática de racionamento de recursos através de métodos monetários é irrelevante e contraprodutiva à nossa sobrevivência.

A sociedade moderna tem acesso a tecnologias de ponta e pode disponibilizar comida, roupas, alojamento e assistência médica, pode actualizar o nosso sistema de educação e, desenvolver um fornecimento ilimitado de energia renovável e não-poluente. Assim poderemos fornecer um modelo de uma economia eficiente onde todos podem desfrutar de um elevadíssimo padrão de vida com todas as vantagens de uma sociedade altamente tecnológica.

Uma economia baseada nos recursos usará os recursos existentes da terra e do mar, o equipamento físico, indústrias e tecnologia, para melhorar a vida de toda a população. Numa economia baseada nos recursos em vez do dinheiro, poderemos facilmente produzir todas as necessidades biológicas e fornecer um elevado padrão de vida para todos.