Projeto Vénus

O Projecto Vénus (www.thevenusproject.com) é uma organização que promove as visões do futuro de Jacque Fresco através de uma organização não lucrativa que propõe um re-desenhar e um plano para a mudança da nossa sociedade e a sua cultura e para combater todos os problemas sociais e mundiais da humanidade e seus sistemas obsoletos desatualizados á realidade tecnológica existente de hoje em dia, se aplicarmos aquilo que já conhecemos como a ciência e tecnologia e diferentes valores sociais, aqui os direitos não são proclamações de papel vazias mas um modo de vida. Através do seu website existe uma distribuição livre de audio, imagem, vídeos e literatura. Este projeto tem como objectivo numa das suas várias partes melhorar a humanidade construindo cidades sustentáveis e usando a energia de forma eficiente, gerindo os recursos naturais do planeta Terra, usando automação e tecnologia avançada, focando nos benefícios que tudo isto trará à humanidade concentrando-se em todas as pessoas e globalmente no planeta. A organização foi fundada por Jacque Fresco e por Roxanne Meadows em 1995 em Venus na Flórida numa propriedade de 21.5 acres que atua como um centro de pesquisa e desenvolvimento embora o Projeto já exista desde meados dos anos setenta e tenha sido feito durante toda a vida do seu autor.

Mais informação através deste link:

What is The Venus Project?

Desde a fundação da FUTURAGORA – Associação para a Economia Baseada em Recursos que o Projecto Vénus está oficialmente representado em Portugal. Durante os últimos anos foram desenvolvidos projectos conjuntos entre a Associação e o Projecto nomeadamente a vinda do Projecto Vénus a Portugal em 2010.venus-project-2010

O Projecto Vénus foi fundado na ideia de que a pobreza, o crime, a corrupção e a guerra são causadas pelas neuroses e escassez criadas pelo sistema económico vigente, que é orientado ao lucro e que reprime o progresso de tecnologias benéficas à sociedade. Fresco teoriza que a progressão da tecnologia, se esta fosse continuada para além do limite do que é lucrativo, fará com que mais recursos estejam disponíveis para mais pessoas, produzindo uma abundância de produtos e materiais. Esta abundância reduziria a tendência humana actual para a corrupção e ganância, dando alas para as pessoas se ajudarem entre si. Fresco acredita que o sistema monetário e os processos associados a ele, tal como a venda do próprio trabalho e a competição, são danosas à sociedade e limitam o verdadeiro potencial da maioria das pessoas. Ele diz que as suas ideias beneficiarão um número máximo de pessoas. Afirma que as suas ideias originaram-se nos seus anos de formação que foram durante a Grande Depressão nos EUA.

Fundamental para o projecto é a eliminação da economia vigente baseada em dinheiro, em favor de uma economia baseada em recursos.

Uma economia baseada em recursos é um sistema onde todos os bens e serviços estão disponíveis sem o uso de dinheiro, crédito, escambo ou qualquer outro sistema de débito ou servidão. Todos os recursos tornam-se património comum de todos os habitantes, não de apenas uns poucos seleccionados. A premissa sobre a qual esse sistema é baseado no facto de a Terra ser abundante em recursos; nossa prática de racionamento de recursos através de métodos monetários é que é irrelevante e contraproducente à nossa sobrevivência.

Pode consultar o Artigo / PDF da Futuragora sobre Economia Baseada nos Recursos aqui.

O Projecto Vénus na língua portuguesa está agilizado em termos de activismo num site localizado em FUTURAGORA.PT Esse portal contém a súmula de actividades e acções que o “The Venus Project” na sua equipa nacional de TVPActivism tem.

Todos direitos pertencem ao The Venus Project.

No comments.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.